Três membros do PCC são detidos por matar policial aposentado

Por Rafael Medeiros

Policiais prenderam três suspeitos e apreenderam uma adolescente, envolvidos na morte do policial aposentado Antônio Bueno de Godoi, 65 anos, mais conhecido como “Gaúcho”. Morto a tiros, durante uma tentativa de assalto na residência onde mora, neste domingo (9), no Cristo Rei, em Várzea Grande.

O primeiro suspeito, Rudmar de Arruda Silva, 27 anos, foi preso poucos minutos depois do crime, ainda no bairro. Em seu corte de cabelo, haviam as iniciais PCC (Primeiro Comando da Capital), organização criminosa.

Ainda no domingo (9), outros dois suspeitos, Andrei Lucas Da Silva, 22 anos e Gabriel João Moraes de Oliveira, 25 anos, foram presos por policiais da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), uma menor K. C.N.D.S., 17 anos, que seria namorada do primeiro suspeito
preso, foi apreendida.

Uma das últimas unidades que o policial trabalhou antes de se aposentar foi na DHPP

A esposa da vítima narrou que seu marido foi surpreendido no quintal de sua casa por dois homens armados. Após luta corporal, um dos bandidos atirou duas vezes contra a vítima que tinha saúde debilitada. Apenas um dos tiros o atingiu na região do tórax, ocasionado o óbito.

Na fuga, os criminosos, que tinham apoio de outros dois comparsas, roubaram um veículo Fox, que não foi localizado. Da casa do policial não levaram nada. Dois suspeitos estão presos e vão responder por latrocínio, a menor também vai responder pelo crime, porém em liberdade. Outros dois já estão identificados e são procurados.

No local da prisão, os policiais apreenderam ainda uma motocicleta Honda XRE, furtada na noite de sábado (08), na região do bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande, além de cinco aparelhos de celular, sendo um pertencente a um dos foragidos, que continham fotos e um áudio de conversa no momento que acontecia o roubo na casa do policial. (Informações O Bom da Notícia)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *